Essenciais para o bem-estar de todo o nosso organismo, as vitaminas são responsáveis pela proteção e fortalecimento do sistema imunitário, contribuindo ainda para uma pele saudável e luminosa. Sem estas, ficaríamos expostos a mais infeções, consequência das agressões externas a que estamos sujeites, correndo o risco de desenvolver outro tipo de complicações mais sérias para a nossa saúde.

A boa notícia é que para além das vitaminas que se encontram presentes em alimentos como as frutas e legumes, estas passaram a fazer parte da composição de alguns produtos de cosmética, pelo que damos agora a conhecer onde poderá encontrá-las e quais os cuidados a ter ao utilizar este tipo de produtos.

Importa desde já referir que as vitaminas do complexo A, B, C e E são consideradas as mais relevantes para o universo da estética e dos cuidados de beleza.

 

Vitamina A: uma fonte de juventude

Esta é uma das vitaminas fundamentais para o crescimento e desenvolvimento do ser humano, influenciando de forma positiva a saúde ocular e o fortalecimento do sistema imunitário. Para além disso, a vitamina A é também benéfica para situações em que se verifiquem sinais de inflamação na pele, como é o caso do acne ou da vermelhidão.

Ao nível da pele, propriamente dito, este complexo auxilia os processos de renovação e diferenciação celular, conferindo à pele uma textura lisa e uniforme. Por essa razão, esta vitamina é considerada um poderoso aliado no combate ao envelhecimento, reduzindo assim e de forma eficaz os sinais visíveis das rugas, manchas e acne do rosto.

É possível encontrar a vitamina A em diversos cremes e séruns com componentes de antienvelhecimento, anti acne e despigmentação, sendo que a sua aplicação é recomendada no período da noite, de modo a evitar o contacto com a luz solar. No entanto, em pessoas que apresentem uma pele sensível, com eczema ou ainda com uma tonalidade mais clara, a sua utilização é totalmente desaconselhada.

 

Vitamina B: uma aliada no combate às inflamações

São muitas as vitaminas do complexo B que apresentam inúmeros benefícios para o funcionamento das células do organismo, como é o caso das vitaminas B1, B2, B3, B5 e B6, sendo que as B3 e B5 são consideradas as mais importantes ao nível da pele, devido à reprodução dos efeitos anti-inflamatórios e de antienvelhecimento.

Ideal não só para quem sofre de condições como o acne, ou outro tipo de inflamações cutâneas, mas também para pessoas que apresentam as unhas frágeis e o cabelo quebradiço, pelo que este é um dos complexos presentes em diferentes produtos direcionados para o tratamento de acne, para produtos de cabelo como as ampolas de tratamento e os champôs, e ainda alguns suplementos alimentares para unhas e cabelos.

Contudo, perante algum tipo de alergia ou intolerância cutânea específica a um derivado das vitaminas do complexo B que possa vir a verificar, é desaconselhada a utilização de produtos que apresentem este tipo de composição.

 

Vitamina C: um recurso eficaz no combate às manchas

Esta é uma das vitaminas mais conhecidas pelo público em geral, devido aos benefícios que apresenta para o sistema imunitário, estando presente em diversos alimentos que compõem a nossa rotina de alimentação diária. Mas a verdade é que também o seu efeito antioxidante possibilita um normal funcionamento das células, para além de auxiliar o organismo no combate às infeções e garantir a preservação das mucosas mais importantes para a nossa saúde.

Outro dos aspetos que distingue esta vitamina das restantes, diz respeito à sua capacidade de produzir colagénio, proteína esta responsável pela firmeza da pele, bem como os mecanismos de cicatrização que possui e a proteção que apresenta contra os efeitos das radiações ultravioleta.

Indicada para o tratamento de manchas castanhas e para o combate ao envelhecimento, a vitamina C possui um efeito preventivo e confere à pele alguma luminosidade, estando presente em diversos produtos de cosmética, nomeadamente em tratamentos de anti acne, anti manchas e anti idade. À semelhança dos produtos compostos por vitamina A, estes deverão ser aplicados apenas à noite, de modo a evitar a sua rápida degradação e permitindo que o produto atue na pele durante mais tempo.

Para pessoas com pele sensível ou atópica, a utilização de produtos ricos em vitamina C não é recomendada.

 

Vitamina E: uma poderosa fonte antioxidante

Algumas das principais funções desta vitamina passam por regular a atividade de algumas enzimas e genes, contribuindo ainda para um funcionamento saudável da visão e do sistema neurológico. O seu efeito antioxidante desempenha ainda um papel protetor na pele, livrando-a das consequências associadas à exposição solar.

Esta vitamina é recomendada para combater os aspetos que estão na origem do envelhecimento da pele, podendo ser encontrada em diferentes produtos, nomeadamente nos hidratantes, em produtos de antienvelhecimento e ainda em protetores solares. Caso tenha alguma ferida na pele, deverá evitar a utilização de produtos compostos por esta vitamina, uma vez que estes podem vir a desencadear uma reação cutânea.

 

Dito isto, estas são as principais vitaminas utilizadas na formulação dos produtos de cosmética, sendo que os benefícios associados a cada uma delas são diversos. Certifique-se que utiliza os produtos certos para uma pele saudável e rejuvenescida, e em caso de dúvida, entre em contacto com um dos nossos profissionais de estética.

Partilhe nas redes sociais